Resenhas

Resenha: Garota Exemplar (Gillian Flynn)

Garota Exemplar (em inglês, Gone Girl) é o terceiro livro da norte-americana Gillian Flynn e o primeiro que eu leio dela. IMG_2523 Ele entrou na minha vida da seguinte forma: um dia meu sogro voltou de viagem e comentou sobre um filme que ele tinha visto no avião. Gostei da história e, quando ele disse o título, lembrei que já tinha visto um livro com o mesmo nome, mas para o qual eu não dera muita atenção por acreditar ser uma dessas séries juvenis. Coloquei o livro então na minha lista. Uma terça-feira chuvosa no Rio e eu precisava fazer hora no shopping. Como não tinha nenhum livro comigo, fui à livraria em busca desses. Acabei comprando mais dois: Objetos Cortantes (em inglês, Sharp Objects), da mesma autora (que eu acreditava ser uma sequência, mas parece que não, ele até foi escrito antes) e Não Sou Uma Dessas (em inglês, Not That Kind Of Girl), da Lena Dunham. Comecei a ler Garota Exemplar naquele mesmo dia, em uma das confortáveis poltronas do shopping. Levei uma semana e dois dias para terminá-lo, lendo quase todos os dias. O livro foi publicado no Brasil pela editora Intrínseca e a minha edição é com a capa original (eu costumo dar preferência à capa original, em detrimento da capa do filme). O livro tem 446 páginas. Eu achei a capa muito interessante. Gosto do contraste do preto com esse tom aberto de vermelho, quase laranja. Minha versão de Objetos Cortantes segue o mesmo padrão, com as letras em azul. Ainda não vi o outro livro da autora, acho que se chama Lugares Escuros. Espero que ele também tenha esse padrão de capa. Amarelo ou verde seriam cores legais para as letras. Se eu pudesse escolher, escolheria verde. FullSizeRender A história se passa na cidade de North Carthage, no estado americano do Missouri (onde a autora nasceu). No dia em que completa cinco anos de casamento, Amy Elliott Dunne desaparece e seu marido, Nick, se torna o principal suspeito. Amy e Nick se conheceram e se casaram em Nova York, cidade natal de Amy. Após ambos terem perdido seus empregos, Nick decide que o melhor a fazer é voltar para sua cidade natal, North Carthage, onde poderá cuidar dos pais doentes e ficar mais perto da irmã gêmea, Margo. Amy é filha única dos psicólogos Marybeth e Rand Elliott que, por sua vez, ficaram famosos por escrever uma série de livros infantis cuja personagem principal era inspirada na própria filha: Amy Exemplar (em inglês é melhor, Amazing Amy). A narrativa é em primeira pessoa, alternando entre os pontos de vista de Amy e Nick. O livro é dividido em três partes e cada capítulo se inicia com o nome do personagem que irá narrar a história e a época que os fatos aconteceram. Os personagens são bem construídos, tanto em suas histórias quanto em suas personalidades. IMG_2525 Quando eu comecei a ler, já sabia um pouco da história mas não sabia exatamente como ela se desenrolava e também não sabia o final. Apesar da narrativa um pouco lenta, a história é muito interessante, daquelas que você diz que vai ler só mais um capítulo e, quando se dá conta, já amanheceu. Antes de ler, ouvi dizer que o livro era perturbador. Talvez por ter ido com muitas expectativas, não tenha me sentido assim tão perturbada por ele. Mas isso não foi uma decepção, achei uma ótima história, capaz de entreter por alguns dias. Sobre o filme, ainda não vi mas pretendo. Vou deixar o trailer logo abaixo:

Anúncios

Um comentário em “Resenha: Garota Exemplar (Gillian Flynn)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s